Diário de Bordo de Salvador – Dia 2 – 06/04

Acordei com o sol e o calor no quarto. Enquanto me arrumava para tomar o café-da-manhã conheci a Karla, uma mineira de 28 anos que mora numa cidadezinha de cinco mil habitantes na Bahia para trabalhar num projeto social. Ela me lembrou que na sexta-feira santa não haveria nada aberto e a melhor opção seria pegar uma praia.

As praias da Bahia são lindas e famosas, mas as de Salvador, not so much. Itapoã pra mim já havia sido uma decepção. Descemos o elevador Lacerda – que é o maior custo/benefício que se pode ter com apenas R$ 0,05 e pegamos um ferry até Itaparica, outra praia famosa e igualmente decepcionante.

salvador-010.jpg

 Pedimos a um taxista que nos levasse até a melhor praia de lá, que segundo ele era e de Mar Grande. Mas a praia era estilo a praia do Aterro do Flamengo. Não é nem questão de elitismo, mas de ter cachorro e até cavalo na praia. Mas eu me recusei a me estressar e fiquei tomando água-de-coco e cochilando na praia. E depois eu lembrei que essa praia aparecia até em música do Netinho (ôôô Mila/ mil e uma noites de amor com você/na praia/no barco/no farol apagado/ num moinho abandonado/ em Mar Grande/alto astral). Realmente eu não poderia esperar grande coisa.

 salvador-016.jpg

Às 16h estava de volta ao continente e, contrariando todos os conselhos para tomar cuidado pois a cidade é perigosa, fui de ônibus com minha câmera de quatro mil reais (não que eu tenha pago este preço) para ver o pôr-do-sol no Farol da Barra, programinha típico soteropolitano. A lenda é que Salvador é a única cidade onde o sol nasce e morre no mar, o que atrai casais e rodinhas de violão até o Porto da Barra.

À noite encontrei a Karla e dois paulistas do albergue para darmos uma de turista, irmos comer alguma coisa num restaurante do Pelourinho e virarmos alvo de pedintes e vendedores de bijuterias querendo amarrar uma fitinha do Nosso Senhor do Bonfim no seu braço. Pelo menos, foi a primeira sopa de polvo que tomei na minha vida.

Advertisements

1 Comment

Filed under Diário de bordo

One response to “Diário de Bordo de Salvador – Dia 2 – 06/04

  1. você escreve tão bem que tá quase me animando a voltar a ativa… =]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s